Mensagens

  • 05/08/2021

    EU VOS ORIENTO – São Miguel Arcan...

    Sejam cautelosos por onde vocês andam, há muitos lugares contaminados; evitar faz bem para o corpo e para a alma. Sejam prudentes em tudo, cuidado c...
  • 04/08/2021

    ANJO DO SENHOR – Santo Anjo da Gua...

    Falando da espiritualidade, há muita superstição quanto ao meu respeito. Para terem intimidade comigo, basta apenas um diálogo franco e sincero; e...
  • 31/07/2021

    O PÃO DA VIDA – São Tarcísio &#...

    Fico por dar a vida por esta Igreja a qual vos pertence, mas fico apreensivo pela incredulidade de muitos, especialmente dos consagrados. Muitas celeb...
  • 31/07/2021

    ORAÇÃO – Santo Agostinho –...

    Diante dos reveses da vida, muitos sentem a necessidade de orar; eu como ministro do Senhor garanto e posso afirmar que a oração que tem um peso eno...
  • 31/07/2021

    JOSÉ – São José, o Carpinteiro ...

    Neste ano a mim dedicado, me leva a refletir que muitos não deveriam ter o mesmo nome, José, pois vivem uma vida totalmente longe de Deus; outros co...

O Mensageiro



Um convite amoroso naquele dia veio do céu, ficaste muito preocupado, pois nem imaginava do que se tratava, simplesmente correste para a minha Igreja. Fizeste bem; não recebeste apoio, não faz mal, eles e tantos outros te rejeitaram, mais eu não. Na tua miséria venho me comunicar com a humanidade, mesmo você não se achando digno. Me questionaste muito meu pequenino: não faça muita pergunta, apenas obedeça; não proves a ninguém, deixe que o tempo e a missão se encarregam. Veja minha Maria Faustina quanto tempo levou; foi preciso uma centelha de luz sair da Polônia “João Paulo II” para que a minha obra se concretizasse; você não é diferente dos santos e dos profetas. O que escrevo é para que saibais que o Menino-Deus tem toda autoridade para levantar profetas para levar por estas imensas estradas a minha mensagem de amor e misericórdia. Ainda é tempo, muito breve todas as portas se fecharão, um silêncio tomará conta do mundo, o tempo se esgotou. Disse à Polonesa: “ainda resta uma tábua de salvação: a minha misericórdia “, não joguem fora, abracem como eu abracei a cruz, olhem para minha pequenina imagem. Vâner Luiz Batista de Carvalho, VANINHO, Mensageiro do MENINO JESUS