Mensagens

  • 19/05/2019

    UM DESEJO, UMA RESPOSTA – Menino J...

    Todo aquele que recorrer à minha santa infância e propagá-la, concederei abundantes graças; porque haveria de nega-lo se Eu, o próprio Menino, cr...
  • 10/05/2019

    INTERCESSORES – Jesus Misericordio...

    O mundo precisa de intercessores, mas não basta apenas ser mais um, é preciso acima de tudo evitar o pecado, se não vocês estão jogando palavras ...
  • 01/05/2019

    NÃO TE DEIXE ABALAR – Anjo da Gua...

    A tristeza faz parte de tua caminhada, você fica chateado por certas palavras que são ditas, isto te deixa muito lá embaixo. Por outro lado, você ...
  • 28/04/2019

    O PÃO QUE DESCEU DO CÉU – Jesus,...

    Muitos não entendem como Eu posso me fazer presente num pouquinho de vinho e num pedacinho de pão assim como também posso estar numa pedra. O que i...
  • 25/04/2019

    CONFIA NO SENHOR – Mensageiro da V...

    Quem põe toda a confiança no Senhor jamais fica desamparado, existe melhor lugar que estar nas mãos de Deus? Sei que a oração remove montanhas, m...

O Mensageiro



Um convite amoroso naquele dia veio do céu, ficaste muito preocupado, pois nem imaginava do que se tratava, simplesmente correste para a minha Igreja. Fizeste bem; não recebeste apoio, não faz mal, eles e tantos outros te rejeitaram, mais eu não. Na tua miséria venho me comunicar com a humanidade, mesmo você não se achando digno. Me questionaste muito meu pequenino: não faça muita pergunta, apenas obedeça; não proves a ninguém, deixe que o tempo e a missão se encarregam. Veja minha Maria Faustina quanto tempo levou; foi preciso uma centelha de luz sair da Polônia “João Paulo II” para que a minha obra se concretizasse; você não é diferente dos santos e dos profetas. O que escrevo é para que saibais que o Menino-Deus tem toda autoridade para levantar profetas para levar por estas imensas estradas a minha mensagem de amor e misericórdia. Ainda é tempo, muito breve todas as portas se fecharão, um silêncio tomará conta do mundo, o tempo se esgotou. Disse à Polonesa: “ainda resta uma tábua de salvação: a minha misericórdia “, não joguem fora, abracem como eu abracei a cruz, olhem para minha pequenina imagem. Vâner Luiz Batista de Carvalho, VANINHO, Mensageiro do MENINO JESUS