São Tiago das Marcas

Nasceu na região das Marcas, na Itália, no ano de 1394. Seu nome de batismo era Domingos. Ficou órfão ainda menino e foi educado na vida cristã por um tio. Dedicou sua juventude para diplomar-se em Direito Civil.

Mas, a vontade de consagrar-se a Deus foi mais forte e o jovem tornou-se um franciscano, assumindo o nome de Tiago da Marcas, em homenagem a região onde tinha nascido. Foi discípulo de Bernardino de Sena, o grande pregador franciscano da época.

Tiago das Marcas consagrou sua vida à pregação. Percorreu toda a Itália, a Polônia, a Boêmia, a Bósnia e depois foi para a Hungria, obedecendo a uma ordem direta de Roma. Permanecia num lugar apenas o tempo suficiente para construir um mosteiro novo ou, num já existente, restabelecer a observância genuína da Regra da Ordem franciscana.

Viveu em extrema penitência e oração, oferecendo seu sacrifício à Deus para o bem da humanidade sempre tão necessitada de misericórdia. Fazia jejuns tão severos que precisou receber o sacramento da Unção seis vezes. Ainda assim chegou à idade de oitenta anos.  Faleceu em Nápoles, no dia 28 de novembro de 1476.

 Colaboração: Padre Evaldo César de Souza, CSsR

 REFLEXÃO A simplicidade de vida marca a existência dos santos de Deus. Quando colocamos Deus em primeiro lugar em nossa vida, o restante torna-se apenas detalhe que administramos de acordo com a inteligência que recebemos do nosso Criador. Viver de forma simples garante-nos a proximidade com Deus.

ORAÇÃO Ó Deus, fizestes de São Tiago das Marcas um grande arauto do Evangelho, para salvação das almas e para chamar os pecadores de volta ao caminho das virtudes; concedei que, por sua intercessão, purificados de todo pecado, alcancemos a vida eterna. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.